terça-feira, 1 de novembro de 2016

A diferença entre véu, mantilha, voilette e grinalda, você sabe?

A diferença entre véu, mantilha, voilette e grinalda.

A lenda diz que a noiva que usar um véu estará livre dos maus olhados, inveja e da cobiça dos homens. 
Que o uso do véu simboliza a pureza e fidelidade da noiva, além de ser o simbolo da passagem da vida de solteira para a vida de casada, por isso o véu é retirado antes da noiva entrar na festa.

O acessório leve, lindo e delicado tornou-se um dos principais elementos na composição do look de uma noiva elegante, moderna, tradicional, romântica, não importa, o véu é maravilhoso!

Mas, você sabe qual a diferença entre véu e mantilha?

O véu pode ser confeccionado em tule ou qualquer outro tecido desde que seja leve para gerar movimento à peça. Ele pode ser curto (na altura dos ombros), médio (na altura da cintura) ou longo, que é a preferência da grande maioria das noivas.

Alguns tipos de véus recebem aplicações como renda, pérolas ou cristais ao longo do tule, gerando uma beleza única, com bastante glamour. E assim, por serem mais leves, conferem mais mobilidade na hora de serem arrumados, pois podem assumir um estilo mais armado ao visual ou mesmo um ar minimalista.

A mantilha possui a mesma finalidade que o véu, porém costuma se tratar de uma peça um pouco mais pesada, por conta do material utilizado para sua confecção. Em razão disso, geralmente a matilha é presa próximo ao rosto da noiva, criando uma espécie de moldura à beleza feminina. Podem ser confeccionadas toda em rendas ou ter apenas sua borda rendada, como uma espécie de acabamento à mantilha.

Mas, como optar por véu ou pela mantilha?

Não existe uma regra básica a ser seguida, mas o visual da noiva deve estar harmônico. Então, consideramos válidas as dicas abaixo:
No caso de vestidos que tenham muitos detalhes ou bordados, é preferível o uso de um véu liso, para não competir com o vestido escolhido.

O Véu longo alonga a silhueta da mulher, então, se você tem baixa estatura, opte por um véu longo, pois o véu nos ombros ou pela cintura gerará impressão de diminuição.

O véu longo deve sempre ser maior que a calda do seu vestido de noiva.

Vestidos escolhidos com tecidos lisos ou até mesmo em renda, combinam bastante com mantilhas e são ideais para noivas que buscam um ar clássico e tradicional.

Se tiver dúvida entre usar ou não véu ou mantilha, use-o. Afinal de contas, a gente espera se ver noiva pelo menos uma vez na vida.

Se o seu vestido for muito detalhado e o seu véu for longo, não opte por um véu com duas camadas, pois pode competir com seu vestido fazer desaparecer os detalhes da calda.

O voilette é um pequeno véu que cobre somente o rosto da noiva – completamente ou somente parte dele. Pode ser preso com chapéu, tiara, presilha ou também flores. Este assessório dá um ar super sofisticado ao visual e é com certeza, uma peça com grande destaque.

A grinalda era usada como peça que demonstrava o poder aquisitivo da noiva. Quanto mais valiosa era, mais poderosa a noiva se tornava. Hoje em dia, são usadas para compor o visual da noiva no cabelo. Algumas tiaras são verdadeiras joias e levam em sua composição ouro e brilhantes. Para as noivas que preferirem, grinaldas em flores também estão super em alta para casamentos na praia, no campo, ao ar livre.

Agora que você já sabe as diferenças entre véu, mantilha, voilette e grinalda, você já pode escolher com clareza o look que usará no dia do seu casamento. É bom deixar claro que a escolha depende somente do perfil de noiva que você pretende ser. O mais importante é se sentir linda e inesquecível!


































Venha conhecer de perto, tocar e sentir a delicadeza desses acessórios.

Preencha o cadastro e seja bem vinda em nossa mostra!


Informações 19-99240-4119
Realização Rachel Mielle